Top

5 livros para ler na quarentena indicados por Antonio Fagundes

Antonio Fagundes – Foto: Reprodução/Instagram/@antoniofagundes

Em tempos de quarentena por conta do coronavírus, é muito preciso e necessário que a gente ache motivações para distrair nossa mente e entreter nos momentos após o home office. Pensando nisso, RG conversou com o ator Antonio Fagundes, que é um leitor assíduo, para pegar dicas sobre alguns livros que ele indica para esse tempo de isolamentos que os brasileiros estão enfrentando.

SIGA O RG NO INSTAGRAM

Entre os cinco títulos que ele sugeriu, tem para todos os gostos: desde os de ficção científica, passando por uma biografia, um livro sobre a história do Brasil, até chegar em um livro de um tema atual como o feminismo. Confira abaixo os livros sugeridos pelo ator.

 

“Carmen”, do Ruy Castro

Em Carmen, Ruy Castro narra a vida da brasileira mais famosa do século XX – de sua infância na colônia portuguesa do Rio de Janeiro e adolescência no bairro da Lapa ao estrelato, primeiro no Brasil, depois nos EUA e, então, no mundo. Completa o livro um saboroso retrato do Rio dos anos 20 e 30, e de Nova York e Hollywood dos anos 40 e 50.

“Fahrenheit 451”, de Ray Bradbury

“Backlash: o Contra-ataque na Guerra Não Declarada Contra as Mulheres”, de Susan Faludi

Backlash é um retrato polêmico e bem fundamentado de como a mulher pode ser manipulada pelos formadores de opinião. Investigando a fundo os motivos que levam os detratores do feminismo a reforçarem a guerra dos sexos, Susan Faludi não só aponta obstáculos como nos orienta no acidentado terreno da luta pela igualdade de direitos. Backlash é reconhecidamente um clássico, leitura obrigatória da mulher moderna e comprometida com o seu tempo.

“1565”, de Pedro Doria

Este livro é a história dos inúmeros e improváveis personagens que, juntos, passaram por batalhas sangrentas, vitórias e reveses, episódios de sorte e coragem, e grandes aventuras para construir o Brasil nos dois primeiros séculos de colonização portuguesa. O jornalista Pedro Doria narra os eventos que culminaram na fundação do Rio de Janeiro, em 1565, passando pelo nascimento de São Paulo, anos antes, e costurando as histórias de portugueses, índios, franceses e africanos que, entre erros e acertos, inventaram um país.
 

“O Cérebro no Mundo Digital: os Desafios da Leitura na Nossa Era”, de Maryanne Wolf

Nunca se leu tanto como hoje. Com alguns toques no smartphone, temos na palma da mão um universo de informações. Mas será que estamos lendo de verdade, apreendendo esses dados, analisando-os criticamente, ampliando nossos conhecimentos a partir deles, transformando tudo isso em sabedoria? A professora Maryanne Wolf responde a essas perguntas, mostrando neste livro os efeitos da leitura nas mídias digitais para o cérebro leitor, principalmente dos jovens. A partir das pesquisas mais modernas, muitos exemplos literários e de sua própria experiência como pesquisadora e mãe, a autora apresenta uma discussão impressionante sobre o impacto da tecnologia para a maneira como estamos lendo, consequentemente, para a nossa cognição, e o que isso pode acarretar para o futuro da humanidade. Surpreendente e necessária para os tempos de hoje, esta obra é, acima de tudo, uma defesa da leitura.

Mais de Lifestyle

© 2020 - RG - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SITE PARCEIRO DO UOL UNIVERSA

O material deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, armazenado em cache, ou usado, exceto com a autorização prévia por escrito da RG.

logo Elav