Lifestyle

Por Redação 07.08.2018

Lei Maria da Penha: sete famosas falam sobre violência doméstica

Todos os dias, os jornais apresentam notícias envolvendo violência doméstica, feminicídio e abusos físicos, verbais e emocionais contra mulheres. Nomes como Mércia, Eliza e Tatiane permanecem em nossos lábios e corações como figuras da luta contra a violência, até que outro caso nos choque.

Foi para combater a violência doméstica contra a mulher que a Lei Maria da Penha foi criada. Sancionada há 12 anos, ela é considerada uma das três melhores legislações do mundo no enfrentamento a esse tipo de agressão.

Apesar de já termos avançado neste assunto, ainda temos um longo caminho até a mulher deixar de sofrer simplesmente por ser mulher. Neste dia de luto, comemoração e fortalecimento da luta, relembramos sete famosas que já falaram sobre o assunto.

  • Rihanna “O que os homens não compreendem quando batem em uma mulher é que o rosto, o braço quebrado, o olho roxo vão se curar. Esse não é o problema. O problema é a ferida por dentro. Você lembra, você relembra o tempo todo”, disse a cantora em entrevista ao programa “Good Morning America”. Ela foi vítima do ex-namorado, o rapper Chris Brown.
  • Bianca Bin Na novela “O Outro Lado do Paraíso”, Bianca deu vida à uma personagem que era agredida pelo marido. Em entrevista ao programa “Fantástico”, a atriz mandou o recado: “Muita gente deve estar julgando a minha personagem: 'nossa como ela é boba, por que ela perdoa?'. Ela está completamente envolvida na situação. Eu costumo dizer que ela está no olho do furacão, é difícil enxergar, tomar consciência da dimensão da questão toda”.
  • Luiza Brunet "Qualquer tipo de assédio você tem que falar, tem que expor. Tem que fazer a denúncia, mesmo que demore um, dois anos, não importa, tem que fazer. E parar com isso de esconder.", disse em entrevista à Leda Nagle.
  • Mariah Carey “O abuso pode vir de várias formas: emocional, mental… Eu acho que você entra em uma situação, e sente-se presa. Se sua situação for similar às situações que eu estive, as quais eu não vou me prolongar. Para mim, sair daquilo foi difícil, porque havia uma conexão que não era somente um casamento, mas negócios. A pessoa estava em controle da minha vida”, disse a cantora em entrevista à CNN. Mariah foi vítima de agressão durante seu casamento com Tommy Mottola.
  • Paolla Oliveira “A gente não pode ser uma vítima fácil. Eu não quero ser desrespeitada, não quero ser violentada e nem ser agredida de forma nenhuma. Eu sou contra a violência contra a mulher e apoio esse projeto”, disse a atriz em um vídeo da campanha “Eu Sei Me Defender”.
  • Sarah Hyland “A única saída é enfrentar. As pessoas precisam enfrentrar coisas para se tornarem quem são hoje, é isso”, disse em entrevista ao programa “The Meredith Vieira Show”.
  • Marina Ruy Barbosa Quando sua personagem na novela “Deus Salve o Rei” foi vítima de agressão, a atriz aproveitou para falar sobre o assunto no seu Instagram. “Para um ator, ter a chance de realizar uma cena dessas é uma oportunidade única. Mas essa cena vai além. Toca num assunto tão atual (apesar de de ser uma novela de época) infelizmente tão presente na vida de nós mulheres. Ela nos faz lembrar a razão pela qual lutamos pelos nossos direitos, pela liberdade, pelo respeito.Sou atriz. O meu ofício é fazer arte. E a arte entretém, claro, mas também alerta, desperta no outro um olhar diferente sobre determinada situação. Sejamos fortes. A luta deve continuar hoje e sempre!Por todas as Amalias, Amelias, Marias da Penha... Por todas as mulheres, vítimas... de abusos físicos ou psicológicos. Para que o silêncio vire GRITO e o medo vire CORAGEM! Não é não! Não nos silenciemos!”, ela publicou.
7