Top

6 procedimentos faciais para renovar o rosto no frio

Com a chegada do frio, é hora de cuidar da beleza. Afinal, ninguém quer passar por um procedimento e sofrer com o calor (que ajuda a piorar o inchaço), correto? É exatamente por isso que a temporada de outono e inverno é perfeita para os procedimentos estéticos e cirurgias plásticas. Mas se depender das novas técnicas e tecnologias você pode ficar tranquilo: os resultados estão cada vez mais naturais e o tempo de recuperação, cada vez mais curto. Veja as novidades:

SIGA O RG NO INSTAGRAM

Surgical Derm para apagar rugas profundas

Surgical Derm, da plataforma Solon, trata rugas profundas de maneira menos invasiva, com um sistema de plasma endodérmico de baixa temperatura. “Na maioria das vezes, uma sessão é suficiente, mas dependendo da profundidade e quantidade de rugas podemos fazer até três sessões a cada dois meses. Esse procedimento traz grande resultado em rugas profundas ao redor da boca e no pescoço”, explica o dermatologista Dr. Abdo Salomão Jr. “Ele é um plasma que faz a sublimação (passagem direta de uma substância do estado sólido para o estado gasoso) da pele. Ele não carboniza. Esse é o seu grande diferencial. Existem outros plasmas, usados por esteticistas, que carbonizam, furam e queimam a pele. O Surgical Derm é um plasma frio que entra na pele com um orifício muito fino e se espalha na derme”, afirma o médico. Com isso, há uma grande contração da pele, que reduz de forma eficaz a flacidez e as rugas com resultado percebido já na primeira sessão.

Ultrassom 3D Solon para flacidez facial

O tratamento é o único do mercado com tecnologia 3D para ajustar exatamente a profundidade onde o ultrassom irá agir e qual o tamanho do dano térmico, atingindo a derme e estimulando a produção de fibras de sustentação da pele, o que diminui a flacidez. “Isso permite um tratamento muito mais eficaz, na medida em que modulamos o tanto de contração do músculo e pele para o aparelho conseguir estimular mais colágeno com mais eficácia e menos dor”, diz o dermatologista. “Do ponto de vista clínico, o tratamento é menos dolorido e muito mais homogêneo”, diz. Entrando especificamente em seu mecanismo de ação, o ultrassom microfocado de Ultrassom 3D Solon concentra a energia do ultrassom em um ponto específico, promovendo coagulação e contração do músculo e das fibras de colágeno e elastina. “Esse é um tratamento revolucionário que traz resultados na hora”, afirma. Para o tratamento de flacidez facial, o médico indica uma média de três sessões mensais, dependendo do grau de flacidez de pele da paciente, mas na primeira sessão já é possível ver resultados.

Lifting de testa e blefaroplastia

Também conhecido como lifting frontal, esse procedimento cirúrgico tem como objetivo suavizar rugas e linhas de expressão e diminuir a flacidez na região da testa, além de elevar a posição das sobrancelhas, conferindo assim um aspecto mais jovem ao rosto, segundo a cirurgiã plástica Dra. Beatriz Lassance, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da ISAPS (International Society of Aesthetic Plastic Surgery). Podendo ser combinado à blefaroplastia, para rejuvenescimento da região dos olhos, o lifting frontal pode ser realizado de diferentes formas dependendo do grau de flacidez da região frontal. “Quando não há necessidade de retirar pele, o procedimento pode ser feito com auxílio de endoscópio e instrumentos especiais com uma câmera na ponta que são inseridos na pele por meio de pequenos cortes no couro cabeludo, permitindo ao cirurgião reposicionar os músculos e puxar o tecido cutâneo para corrigir rugas e vincos com uma pequena quantidade de cortes, o que resulta em cicatrizes menores e menos visíveis”, afirma a médica. Existe hoje também uma nova técnica chamada de GBL, que consiste no descolamento da pele e reposicionamento do supercílio por meio de uma cicatriz muito pequena. Na maior parte das vezes, o paciente já pode voltar para a casa logo após o procedimento. Porém, ele só poderá retornar as suas atividades rotineiras cerca de 10 dias depois da cirurgia, tempo necessário para que as incisões cicatrizem.

Lipoenxertia para preencher as rugas e bigode chinês

Alternativa mais eficaz aos preenchedores de ácido hialurônico, a lipoenxeria utiliza a gordura do próprio corpo para rejuvenescer a pele e é uma tendência entre os procedimentos estéticos. “Como a gordura é do próprio paciente, a técnica é biocompatível e não há os riscos de rejeição. E, mesmo sabendo que cerca de 50% do material enxertado pode ser absorvido pelo organismo, a quantidade restante é repleta de células-tronco capazes de melhorar a qualidade e o aspecto da pele”, afirma o cirurgião plástico Dr. Paolo Rubez, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica (ASPS). “O primeiro passo é retirar a gordura de outra região, que pode ser dos culotes, partes internas ou externas das coxas, costas ou abdômen — sendo que esta última área é a mais comum. O procedimento é feito através de uma cânula que fará a lipoaspiração do material, levando-o para um recipiente separado. Nele, o médico eliminará partes desnecessárias para que a gordura fique limpa e pronta para ser enxertada no local desejado”, afirma. Logo após, a gordura é injetada na região facial com o objetivo de trazer efeito de volume, tratando problemas como bigode chinês, olheiras profundas, rugas, promovendo a harmonização facial. Pode também ser utilizada para dar volume aos lábios, queixo e mandíbula.

Baby toxina botulínica para prevenir os sinais do envelhecimento e tratar pés de galinha

A baby toxina butolínica é feita por meio da aplicação de um volume menor da toxina botulínica. “O procedimento pode prevenir ou suavizar linhas finas, com resultados mais leves e efeito mais natural. O procedimento surgiu como contraponto aos exageros, que deixam a face muito congelada ou artificial demais”, afirma o cirurgião plástico Dr. Mário Farinazzo, membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). O médico destaca que a aplicação pode ser feita em qualquer lugar do rosto, mas traz resultados interessantes em pés de galinha – uma área delicada que demanda um tratamento mais sutil. “O procedimento também é ideal para pacientes que nunca aplicaram toxina botulínica antes. Além da diminuição das doses, as aplicações precisam ser superdirecionadas, pois isso ajudará a conferir o resultado mais ‘clean’ almejado pelo paciente”, explica. O médico destaca três vantagens do procedimento: personalização, prevenção de sinais e manutenção sutil dos resultados.

Toxina botulínica Lip Flip para lábios naturalmente maiores

A novidade para os lábios é a toxina botulínica Lip Flip, uma técnica injetável (com doses infinistesimais de toxina botulínica) para trazer um resultado mais natural e sem exageros. “A técnica é aplicada estrategicamente nos cantos da boca e perto do arco do Cupido. As doses são realmente muito pequenas e, mesmo assim, trazem resultado natural e suave para os lábios parecerem maiores e cheios”, afirma Farinazzo. De acordo com o médico, os neuromoduladores (toxina botulínica) são injetados nos lábios em um procedimento que leva menos de dez minutos. “Nas semanas seguintes, suavemente os lábios finos começam a parecer grandes e cheios”, diz o médico. Botox Lip Flip melhora a aparência do lábio superior, relaxando um músculo ao redor dos lábios. “O procedimento é realizado com injeções altamente estratégicas administradas em pequenas quantidades – e se você fizer com um profissional certificado, cirurgião plástico e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, é improvável que ele exagere na injeção”, finaliza.

Mais de Beleza

© 2020 - RG - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SITE PARCEIRO DO UOL UNIVERSA

O material deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, armazenado em cache, ou usado, exceto com a autorização prévia por escrito da RG.

logo Elav