Beleza

Por Marcela Palhão 08.02.2020

RG testou: tratamento reconstrói e repara as cutículas do cabelo

2019 foi o ano em que mais brinquei – na realidade, maltratei – o meu cabelo. Comecei o ano com um leve ombre hair, mas em maio decidi ficar ruiva e quando a cor começou a desbotar, decidi retocar em casa e acabei manchando os fios. Para corrigir meu momento cabeleireira, decidi voltar para o loiro, mas, dessa vez, uma versão bem mais clara e acinzentada, mantendo pouco da minha raiz morena. Foram duas descolorações em menos de um mês, ou seja, detonei os fios.

SIGA O SITE RG NO INSTAGRAM

Mesmo já tendo cuidado de luzes, não imaginava o trabalho que um cabelo tão claro daria: as cutículas ficaram muito abertas, o que faz o cabelo ficar armado e ressecado com facilidade, além de as pontas estarem desgastadas. Além disso, o tom amarela com facilidade o que faz com que processos de matização sejam necessários com frequência. Ou seja, gasto muito mais tempo (e dinheiro) dando atenção aos fios do que antes.

Por isso, decidi que 2020 seria um ano de renovação e cuidados capilares, o que me fez buscar e conhecer novos produtos e técnicas. Em uma das minhas pesquisas, conheci uma marca nova, a Lof. Criada por Nando e Luciano, que têm uma longa trajetória no universo dos salões, a label foi feita para todos os tipos de cabelo e com produtos que contam com aminoácidos e óleos em sua composição, além de uma linha profissional para ser usada nos salões.

Esta última gama de produtos é dividida em quatro linhas: Purifying (para uma limpeza suave e hidratante), Silver (para fios brancos e loiros), Nutritive (para todos os tipos de cabelo) e Repair (que trata danos). Segundo a recomendação de Nando, testei a última opção e finalizei com a máscara da linha Silver, para matizar os fios.

Depois de lavar o cabelo, o cabeleireiro fez o tratamento de reconstrução profunda e reparação de cutículas, que é dividido em dois produtos, sendo que o segundo deve agir sob uma fonte de calor. Depois desse tratamento, usamos a máscara da linha Silver por cerca de cinco minutos – como as cutículas estão muito abertas, o produto foi absorvido com facilidade.

Antes de secar os fios, o cabeleireiro passou um dos maiores destaques da marca, o leave-in Hit 10×1, que tem dez funções em um produto, incluindo anti-frizz e proteção térmica. Com os fios secos, pude perceber que os resultados foram melhores do que imaginava. Os cabelo ficou extremamente sedoso, com um brilho lindo e com o volume e frizz completamente controlados. Além disso, o amarelado foi tirado completamente, deixando a cor renovada em poucos minutos.

O tratamento Repair pode ser feito em salões de beleza fica em média R$ 190, enquanto a máscara Silver e o leave-in podem ser comprados por R$ 96,80 e R$ 92,90, respectivamente.

  • Julia Roberts Foto: Arquivo Harper's Bazaar
  • Leave-in Hit 10x1 Foto: Divulgação
  • Máscara Silver Foto: Divulgação
3