Beleza

Por Redação 10.10.2018

Mitos e verdades sobre depilação masculina a laser

Procedimentos estéticos entre homens estão cada vez mais se tornando comuns. Desde cuidados com cabelo e barba até métodos de redução de pelos, este tipo de preocupação abre cada vez mais portas no mercado.

SIGA O SITE RG NO INSTAGRAM

A Espaçolaser, por exemplo, acaba de abrir uma unidade exclusiva para rapazes. “Atualmente, a depilação masculina está cada vez mais popular, tanto que os homens já representam 7% da nossa base de clientes e por isso sentimos a necessidade de abrir um espaço focado nisso”, explica Ana Carolina Cury. A especialista também nos ajudou a desvendar alguns mitos e verdades sobre depilação masculina. Veja!

Homens podem ficar livres dos pelos

Verdade. Optar pela depilação a laser significa eliminar de maneira efetiva e prática os pelos indesejáveis.

A depilação a laser dói mais que a depilação a cera

Mito. O método utilizado oferece uma depilação confortável, pois possui a presença do gás de criogênio, tecnologia exclusiva da Candela. Esse gás é disparado em frações de segundos antes do calor do laser, gerando um resfriamento intenso na epiderme, promovendo assim uma depilação muito mais segura, rápida e confortável.

É necessário deixar o pelo crescer para realizar o procedimento

Verdade. Para realizar o procedimento a laser orientamos o preparo dos pelos alguns dias antes da sessão. Eles devem estar poucos milímetros aparentes na pele para um melhor aproveitamento do laser. Contudo, não é aconselhável usar métodos que retirem o pelo por completo, como a cera ou a pinça.

Pelos claros não são removidos com a depilação a laser

Verdade. O laser alexandrite, usado pela Espaçolaser, atua através da afinidade por melanina, desta maneira pelos brancos, loiros e ruivos resistem ao tratamento justamente por não apresentarem melanina suficiente.

  • Depilação masculina Foto: Divulgação