Moda

Por Redação 05.09.2019

Ermenegildo Zegna cria campanha que questiona a masculinidade

Seguindo uma tendência mundial que desmitifica que existe uma imagem padrão de masculinidade, a Ermenegildo Zegna está lançando uma nova campanha e projeto de comunicação, que será oficialmente apresentado nesta quinta-feira (05.09), em Nova York.

SIGA O SITE RG NO INSTAGRAM

Com a hashtag #Whatmakesaman (“o que faz um homem”, em inglês”), a nova campanha é muito mais do que publicidade, já que apresenta um novo caminho para o grupo, que quer discutir com seu consumidor o conceito de masculinidade. “Acredito nessa nova forma de diálogo e conversa direta com nossos clientes através das mídias sociais, o que começa por questionar, enquanto não oferecemos respostas concretas”, explicou Gildo Zegna, diretor executivo da label, ao WWD.

“O que faz um homem? Não existe uma única resposta para essa questão, já que o mundo e o conceito de masculinidade continuam mudando de uma maneira fluída. Perguntar é a melhor forma de começar um diálogo. O quanto homens falam sobre amor ou fracasso? Eles costumam conversar sobre esportes, sucesso, carro, relógios, arte, viagens, negócios e disciplina”, continua.

Para entregar essa mensagem, a label convidou Mahershala Ali, vencedor do Oscar, e o cantor Nicholas Tse para estrelalem a campanha, que é repleta de perguntas e afirmações sobre amor, falhas, sonhos ou liberdade, por exemplo, qualidades que a marca acredita que constroem um homem hoje em dia.

“Masculinidade é um estado de espírito, não um conjunto de regras. Uma coisa não faz um homem. Homens tem sido ensinados que amor é força, bondade é poder, franqueza é liberdade. Na Zegna, homens se despem para serem vestidos, ousando descobrir seus eus distintos. Lado a lado de homens há 110 anos, continuamos a mudar, por eles”, diz o manifesto da label.

Segundo Zegna, o manifesto reflete a atual percepção de masculinidade, já que os homens “aprendem a confrontar suas próprias fraquezas e estão dispostos a correr riscos para afirmar sua identidade, qualquer que ela seja. Querem desafiar esteriótipos”.

E apesar de não gostar muito de aparecer, o diretor aceitou ser parte do vídeo que dá início à campanha. Incentivado por seu filho, Edoardo, que foi nomeado chefe de conteúdo e inovação e omnichannel do grupo em 2014.

Outra mudança da label é tentar rejuvenecer, através de novos clientes e mirando no público asiático e millennial. “Queremos mostrar que somos flexíveis, abertos para feedbacks, sejam eles positivos ou não”, disse Zegna. Outra iniciativa da marca foi mudar o produto apresentado, apostando em peças menos clássicas e mais personalizadas.

  • Mahershala Ali Foto: Divulgação
  • Nicholas Tse Foto: Divulgação
  • Manifesto Foto: Divulgação
3