Gossip

Por Redação 03.09.2019

Príncipe Harry comenta pela primeira vez a controvérsia sobre jato particular

Depois de defender ações de preservação do meio ambiente, príncipe Harry foi acusado de hipocrisia por utilizar aviões particulares para viajar nas férias – que aumenta a emissão de poluentes. Nesta terça-feira (03.09), o marido de Meghan Markle falou pela primeira vez das críticas, que surgiram depois que levou a família para curtir o verão no sul da França.

SIGA O SITE RG NO INSTAGRAM

“Todos podemos melhorar e, enquanto ninguém é perfeito, todos temos responsabilidade por nossos impacto pessoal. A questão é o que fazemos para equilibrar”, disse o príncipe durante um evento em Amsterdã.

O duque de Sussex chegou na capital holandesa na segunda-feira – em um voo comercial – e, no começo do seu discurso, brincou sobre finalmente poder descansar: “Passei está noite aqui – não sei vocês, mas definitivamente foi a melhor noite de sono que tive nos últimos quatro meses”.

Depois, durante uma sessão de perguntas e respostas, o príncipe foi questionado sobre viajar em aviões privados. “Vim para cá em um voo comercial. Passei 99% da minha vida viajando o mundo em aviões comerciais. Ocasionalmente há a necessidade baseada em uma única circunstância, que é garantir que minha família esteja segura e é genuinamente tão simples quanto isso”, explica Harry.

Sua aparição em Amsterdã lança uma nova parceria com a indústria de viagem. Chamada “Travalyst”, Harry disse que “é uma coalizão inédita, uma união de empresas dedicadas a tornar viagens um mecanismo para sustentabilidade”. Representantes do príncipe completaram que o projeto foi criado para mobilizar essa indústria como um catalizador do bem, com o objetivo de transformar o futuro do turismo para todos.

O duque de Sussex se inspirou em suas próprias viagens e em seu trabalho com o projeto Queen’s Canopy – que ajuda a preservar florestas – e Africa Parks. Em diversas economias emergentes, apenas 5% do dinheiro gasto por turistas volta para a comunidade local. Harry deseja “ter certeza que mudamos o sistema de uma forma que seja mais efetivo para os destinos e que comunidades locais possam prosperar”, revelou uma fonte próxima à realeza.

O novo projeto une grandes empresas – como Booking.com, TripAdvisor e Visa – para trabalhar com a fundação criada com Harry e influenciar a maneira como todos viajam. Segundo fontes, os parceiros estão muito entusiasmados e comprometidos.

Essa parceria é o resultado de um trabalho de dois anos, que começou no escritório particular de Harry antes de migrar para a Royal Foundation, que ele dividia com príncipe WilliamKate Middleton. Em breve, o projeto será parte do seu novo trabalho de caridade junto com Meghan e se tornará o primeiro grande projeto da Sussex Royal Foundation.

Inicialmente, irá focar em três áreas: ajudar comunidades a se beneficiarem mais com visitantes; educar pessoas sobre viagens sustentáveis; e trabalhar com as companhias de turismo para facilitar que seus clientes façam escolhas sustentáveis.

  • Príncipe Harry Foto: Reprodução/Instagram/@sussexroyal