Gossip

Por Redação 27.01.2019

Fyre Festival: Kendall Jenner, Hailey Bieber e outras famosas poderão testemunhar no caso

Billy McFarland foi um dos responsáveis pelo fiasco do Fyre Festival, que prometia dias de festas e shows para seu público, mas que não cumpria com os pacotes vendidos na época. Pouco mais de um ano depois do fiasco, documentários foram produzidos sobre o caso e, agora, celebridades precisarão testemunhar sobre o caso.

SIGA O SITE RG NO INSTAGRAM

Agências de modelos que trabalham com as supermodelos Hailey Bieber, Bella Hadid e Emily Ratajkowski podem receber intimações sobre pagamentos supostamente feitos pelo fraudador do Fyre Festival.

Hadid e Bieber estavam entre as modelos que participaram de um vídeo promocional do luxuoso festival marcado nas Bahamas. Além disso, Kendall Jenner ajudou a promover o evento através de suas redes sociais.

Segundo a revista “Billboard”, as celebridades poderão ser chamadas para depor em um processo que quer descobrir o que foi feito com os US$ 11,3 milhões (cerca de R$ 42,66 milhões) pagos antecipadamente a McFarland. Segundo os documentos do caso, o fundador do evento arrecadou US$ 26 milhões, mais de R$ 98 milhões, apenas dos investidores.

Nesta semana, Gregory Messer, o administrador responsável pela falência da Fyre Media, pediu a um juiz novas intimações para as modelos e influenciadores digitais que ajudaram a promover o festival.

Messer alega que a IMG Models recebeu cerca de R$ 1,2 milhão, cerca de R$ 4,5 milhões, pelo trabalho das modelos, enquanto US$ 250 mil (mais de R$ 943 mil) foram pagos apenas para Kendall, em janeiro de 2017.

  • Bella Hadid Foto: Getty Images
  • Kendall Jenner Foto: Getty Images
  • Hailey Bieber Foto: Reprodução/Instagram/@haileybieber
3