Moda

Por Pablo Gomes 10.02.2019

Três it bags que vão voltar com tudo em 2019

2019 é o ano do retorno das it bags que foram sucesso nos anos 90 e 2000. Para quem achava que a logomania ia acabar esse ano, errou. As marcas seguem apostando na tendência e fazendo releituras de ícones, como são os casos das três bolsas que estão voltando com tudo.

SIGA O SITE RG NO INSTAGRAM

A primeira delas é uma das bolsas de luxo mais vendidas do mundo e considerada uma boa entrante para quem começar a investir em acessórios de grife. A Louis Vuitton Speedy foi criada em 1933, mas ganhou fama mesmo na década de 1960 com a atriz Audrey Hepburn que amava e usava frequentemente o modelo.

A segunda bolsa é a Dior Saddle Bag, criada em 1999 por John Galliano, apresentada em seu desfile de verão 2000 para Dior, “uma carta de amor a Lauryn Hill”. Em 2008 parou de ser produzida com a saída de Galliano da grife. Dez anos depois, Maria Grazia Chiuri, reinventou o modelo que foi sucesso entre os fashionistas e hoje a bolsa está de volta vendendo como nunca.

Por último, mas não menos importante, a Fendi Baguette. Criada por Silvia Venturini, neta da fundadora da Casa Fendi, em 1997, com apenas dois anos de lançamento chegou a ser uma das bolsas mais vendidas do mundo. Hoje em dia, assim como a Saddle da Dior, ganhou uma repaginada e agora volta com tudo.

  • Louis Vuitton Speedy Foto: Reprodução/instagram
  • Dior Saddle Bag Foto: Reprodução/ Instarimages
  • Fendi Baguette Foro: Reprodução/ Instagram
3