Top

Marca de lingerie mostra modelos com vitiligo, diabetes e síndrome de Down

A marca de lingerie americana Aerie está compromissada com a moda inclusiva. Após deixar de fazer retoques digitais em suas propagandas e apostar em modelos com diferentes formas de corpo, a etiqueta continuou investindo na diversidade.

Nas novas fotos do catálogo de seu site, a Aerie mostra meninas com diferentes deficiências físicas e doenças crônicas. Uma das modelos, Abby Smalls, dividiu os cliques em seu Twitter e revelou que no casting existem pessoas com ostomia, diabetes tipo 1, vitiligo, síndrome de Down e fibromialgia, assim como uma sobrevivente de câncer. Antes disso, o endereço online já contava com imagens de mulheres com diferentes corpos, cores de pele e idades.

As reações de internautas foram positivas: “Meu deus, eu nunca havia me sentido representada em uma modelo”, disse uma usuária do Twitter. A mãe de uma das modelos também se pronunciou: “Obrigada Aerie por fazer a minha filha se sentir um pouco menos insegura sobre a sua diabetes”.

 

Mais de Moda