Top

Twitter explode com manifestações por filme sobre Michael Jackson

O Twitter explodiu na noite deste domingo (03.03) após a estreia do novo documentário sobre Michael Jackson, “Leaving Neverland”, da HBO.

SIGA O RG NO INSTAGRAM

No filme, dois homens – Wade Robson e James Safechuck – alegam que ícone da música pop abusou sexualmente deles quando eram crianças.

Oprah Winfrey apresenta entrevista sobre polêmico abuso sexual de Michael Jackson

As reações variaram de desgosto a descrença nas mídias sociais, com muitos telespectadores expressando apoio a Robson e Safechuck.

Leaving Neverland” estreou no Festival de Sundance em janeiro. No documentário, tanto Robson, 36, quanto Safechuck, 40, detalham suas supostas experiências inapropriadas com Jackson. Ambos alegam que Jackson começou a molestá-los quando eram jovens.

https://twitter.com/MissDioroffic/status/1102383739567517697

Safechuck conheceu Jackson quando foi escalado para o comercial do cantor em 1986 na Pepsi. Ele disse que a estrela pop levou ele e sua família em turnê, onde seu relacionamento supostamente se tornou sexual quando Jackson ensinou Safechuck a se masturbar.

Robson conheceu Jackson quando ele tinha 5 anos de idade, depois que ele ganhou uma competição de dança de shopping center em sua terra natal, a Austrália. Em 1990, quando tinha 7 anos de idade, a família entrou em contato com Jackson novamente durante férias em Los Angeles. Robson alegou que Jackson convenceu sua mãe a deixá-lo ficar sozinho com o cantor, enquanto o resto de sua família viajava para o Grand Canyon. Robson alegou que Jackson fez sexo oral com ele e o beijou enquanto sua família estava fora, alegando que Jackson lhe disse: “Você e eu fomos unidos por Deus. Nós nascemos para ficar juntos. É assim que mostramos amor”.

Mais de Gossip