Cultura

Por Redação 13.02.2020

Galeria Kogan Amaro ganha duas exposições

No sábado, 15 de fevereiro, a Galeria Kogan Amaro apresenta duas novas exposições. Em “Arapuca”, individual inédita da Marcia Pastore, a artista investiga a convergência entre artes plásticas e arquitetura, através de instalações com aço, rede de pesca e anzóis. A mostra tem curadoria de Ricardo Resende.

Marcia investiga a convergência entre as artes plásticas e a arquitetura em sua trajetória. Ela enfatiza as relações poéticas da força e do espaço a partir da interação da matéria com um determinado local e, preenchendo o vazio, a artista evoca a corporalidade de materiais, cria mecanismos e questiona o equilíbrio em uma produção pensada em três atos.

Em “Partitura em Cores”, individual de Shizue Sakamoto, a artista transita entre o som e um profundo estudo sobre as cores. A mostra é curada por Ana Carolina Ralston.

O universo criativo de Shizue transita entre o som e um profundo estudo sobre as cores. Ao identificar diferentes tonalidades e sons, o cérebro humano os transforma em sensações e ativa áreas que resguardam emoção, memória, movimento e atenção.

Galeria Kogan Amaro – Alameda Franca, 1.054, Jardim Paulista, São Paulo.

  • Obra de Marcia Pastore foto: Divulgação