Cultura

Por Redação 09.08.2019

Musical tipo cordel tem base em O Mágico de Oz

Cariri, Ceará, é o ponto de partida do espetáculo independente “O Mágico di Ó“, um local sem chuva e esperanças, de onde um grupo de nordestinos sai rumo  à São Paulo em busca de uma vida melhor. Versão em cordel do clássico “O Mágico de Oz“, o musical infantil idealizado por Vitor Rocha e Luiza Porto trata de lar, partidas e mudança de ponto de vista e traz músicas originais. A acontece no próximo dia 10, no Teatro João Caetano.

SIGA O RG NO INSTAGRAM

Ressignificado, o espetáculo traz um olhar mais brasileiro dos personagens do clássico e narra a história de Doroteia, uma menina que não quer deixar sua casa no Nordeste, mas sem poder de escolha, embarca em um pau-de-arara junto com seus tios e outros retirantes em direção à capital paulista. Logo no início da viagem, o cordelista e versador Osvaldo passa a integrar o time de migrantes.

Como recompensa pelo lugar no caminhão, Osvaldo se propõe a contar uma história, distraindo os companheiros de viagem e estimulando a imaginação de Doroteia, que pede que seja narrada uma história real. A partir daí realidade e fantasia se misturam na versão do cordelista, cujo enredo é a trajetória até São Paulo, e os companheiros de viagem se tornam personagens, os tios viram as bruxas boa e má e três outros viajantes se tornam Mamulengo, que na versão original é o Espantalho, Cabra-de-lata, adaptação do Homem de Lata, e Leão.

No texto escrito por Rocha, os personagens são humanizados e ganham novos propósitos.

Para construir “O Mágico di Ó”, os idealizadores se inspiraram em grandes mestres nordestinos como Graciliano Ramos, Ariano Suassuna, João Cabral de Melo Neto e na obra literária Terra de Cabinha, de Gabriela Romeu, além de se dedicarem aos estudos sobre a literatura de cordel. Luiza enxerga o musical como uma forma de agradecer a todos os artistas nordestinos e a todas as pessoas que ajudaram a construir o Brasil.

No elenco estão Elton Towersey, Thiago Sak, Lui Vizotto, Diego Rodda, Renata Versolato, Vitor Rocha e Luiza Porto, os dois últimos sendo idealizadores do musical.  A peça é dirigida por Ivan Parente e Daniela Stirbulov, tem produção de Claudia Miranda, direção musical é de Marco França e direção de arte de Juliana Porto e Silvia Ferraz.

Teatro João Caetano – R. Borges Lagoa, 650, Vila Clementino, São Paulo.

  • Elenco de "O Mágico di Ó" Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação
2