Cultura

Por Redação 11.01.2019

SP: Celina Portella abre individual na Caixa Cultural

A mostra “Reunião – Celina Portella”, com curadoria de Daniela Labra, apresenta uma seleção de vídeos e fotografias dos últimos 10 anos da artista, evidenciando a forma original e inusitada como ela vem operando na multimídia.

SIGA RG NO INSTAGRAM

Dentre o conjunto de obras que serão apresentadas, destaque para a instalação de vídeo “Derrube” (2009), em que a artista interage com seu duplo em escala real e o tríptico de vídeos “Deságua” (2014). A série “Quadros Cortados” (2015), com fotografias do corpo emolduradas em formatos irregulares, por sua vez, adentra o campo da escultura.

Já nas fotografias da série “Dobras” (2017), cujo tema, entre outras coisas, aborda as articulações do corpo, a artista estabelece relações formais com o espaço expositivo, tomando partido da arquitetura da sala para sua instalação. Na série “Puxa” (2015–2016), Celina também extrapola o campo visual da moldura ou o limite visual determinado por ela, criando tensão entre as cordas representadas nas fotografias e aquelas que, de fato, ocupam o espaço real e se conectam materialmente ao espaço.

Em “Fotonovela da opressão” (2018), Celina parte da experimentação e interação entre pintura e imagem para criar uma narrativa com seis fotografias em que sua retórica corporal parece reagir ao avanço da tinta sobre o vidro dos quadros.

“Reunião – Celina Portella”
Caixa Cultural São Paulo –  Praça da Sé, 111, Centro, São Paulo.
Abertura: 15 de janeiro, terça-feira, às 19h (visita guiada com a artista). Até 31 de março de 2019.

  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação
  • Foto: Divulgação
4