Cultura

Por Redação 09.01.2019

Paris: R$ 3.700 em bitcoins é o prêmio para quem desvendar quebra-cabeça de arte de rua

O artista de rua francês Pascal “PBOY” Boyart transformou sua mais recente arte em um quebra-cabeça que esconde um prêmio de US$ 1.000 (R$ 3.700) em bitcoins [moeda virtual].

Boyart, que muitas vezes baseia suas composições em obras famosas da história da arte, criou o mural em Paris como uma versão moderna da obra “Liberty Leading the People”, do pintor francês Eugène Delacroix. Mas, desta vez, os rebeldes que se levantaram contra o rei Charles X em 1830 foram reformulados como os “gilets jaunes” (coletes amarelos), que no final de 2018 saíram às ruas para desafiar as reformas econômicas do presidente Emmanuel Macron, já que as avaliaram como favoráveis aos ricos.

Para guiar as pessoas na caça ao tesouro, Boyart compartilhou uma imagem de alta resolução da obra de arte, mas ele alerta que você só pode resolver parte do quebra-cabeça remotamente. Para reivindicar o prêmio (o que equivale a pouco mais de um quarto de um Bitcoin completo), você terá que rastrear o local secreto do quadro e vê-lo pessoalmente.

A caça ao tesouro da arte de rua é uma maneira apropriada para o artista devolver aos seus fãs. Boyart recebeu mais de US$ 1.000 (R$ 3.700) em doações depois que ele adicionou um código QR a um de seus murais na primavera passada. A obra, intitulada “Rembrandt dos au mur“, traz um retrato de Rembrandt van Rijn, em que o assunto transborda uma complicada taxa de impostos, fazendo referência às lutas financeiras do pintor holandês da Era de Ouro.

  • Foto: Reprodução/Twitter