Top

Depois de críticas de Taylor Swift, Apple volta atrás e decide pagar artistas por serviço de streaming

Depois de Taylor Swift postar um desabafo em seu Tumblr criticando a postura da Apple de não pagar os artistas nos primeiros três meses de seu serviço de streaming, a gigante da tecnologia voltou atrás.

Nesse domingo (21.06), Eddy Cue, vice presidente de software e serviços para internet da companhia, postou tweets afirmando que eles pagarão os artistas, mesmo durante o período de teste gratuito que a empresa oferecerá aos consumidores. “Nós ouvimos você, Taylor Swift e artistas indie. Amor, Apple”, escreveu ele em referência à carta aberta da cantora, que recebeu o nome de “Para Apple, Amor Taylor”.

Esse novo serviço da empresa havia sido anunciado no último dia 8 de junho. Com ele, os usuários poderão fazer dowloads de canções, ouvir rádio e ainda escutar músicas via streaming. O pacote individual custará US$9,99 por mês (cerca de R$30).

Mais de Cultura