Moda

Por Marcela Palhão 03.07.2018

Dez mulheres com mais de 60 anos que são ícones fashion no Instagram

Aquela história de que a partir dos 50 anos a mulher deve repensar seu estilo ficou no passado. A prova disso são as mulheres com mais de 60 anos que têm tomado conta do Instagram e compartilhado seus estilos. Mais ousadas do que a maioria das jovens, essas “Insta-grans” (uma brincadeira com Instagram e “grandmothers”, palavra em inglês para ‘avó’) tem contas com milhares de seguidores e não abrem mão de um look bem colorido.

Baddie Winkle

“Roubando seu homem desde 1928”, diz o perfil no Instagram de Helen Ruth Elam Van Winkle. Aos 89 anos de idade, Baddie divide seu visual divertido e fotos com Miley Cyrus com mais de 3,6 milhões de seguidores. Foi com a ajuda de uma bisneta que ela ascendeu à fama na internet, sendo nomeada uma das pessoas mais influentes no Instagram pela Forbes.

Baddie já participou de diversos eventos e premiações da MTV, além de ser paga para divulgar produtos de marcas como Got2B e Smirnoff. A internet ajudou ela a sair do luto depois de perder o marido, com quem era casada há 35 anos, e um filho de 45 anos, além de lhe proporcionar experiências inesquecíveis como viajar pelo mundo. Uma das cidades escolhidas por Baddie foi o Rio de Janeiro, por ser “exótico e maravilhoso”.

Lyn Slater

Aos 64 anos, a professora de Direito da Fordham University, em Nova York, é dona do blog e do perfil no Instagram Accidental Icon, com mais de 527 mil seguidores. Tudo começou quando a especialista em justiça criminal começou a fazer cursos de moda, por se interessar no assunto. “Eu quero engajar pessoas de todas as idades que querem pensar e conversar sobre moda, não só consumi-la”, disse Lyn à W Magazine.

Lyn já é mãe e avó e, depois de ficar famosa na internet, assinou um contrato com a agência Elite Models e participou de uma campanha da marca Mango, além de aparecer em um clipe de Charlotte Gainsbourg. “Não tenho 20 anos. Não quero ter 20 anos, mas sou realmente legal. É isso que penso quando posto uma foto”, revelou em entrevista ao jornal The New York Times.

Linda Rodin

Dona da marca de cuidados da pele Rodin, Linda tem 68 anos e já trabalhou como stylist e produtora de moda. Hoje em dia, além de ser empresária, ela compartilha seu estilo clássico com mais de 227 mil seguidores. Apaixonada por jeans, ela afirma que jamais pensou que sua marca deveria ter produtos que escondam a idade das mulheres, mas sim que cuidem de suas peles.

Sarah-Jane Adams

Sarah começou a usar seu Instagram para divulgar sua marca de jóias, a Saramai, mas acabou chamando a atenção por seu estilo, que mistura o universo hippie e do hip hop. “Eu fui punk e, antes disso, fui uma hippie. Agora eu misturei as duas culturas”, explicou em entrevista ao jornal The New York Times.

A fã de moletons da Adidas tem mais de 175 mil seguidores e não esconde sua idade. Os cabelos brancos e a pele enrugada não diminuíram sua vaidade e Sarah nunca abandona um bom batom.

Iris Apfel

Aos 96 anos, Iris Apfel não pensa em se aposentar. A designer de interiores assinou junto com o marido, Carl Apfeu, a decoração da Casa Branca no mandato de 9 presidentes. Além disso, ela foi uma das primeiras mulheres a usar calças nos Estados Unidos e aprendeu com a mãe como criar o estilo exótico e cheio de estampas e acessórios.

Apfel se tornou uma queridinha do mundo da moda quando foi tema de uma exposição no Metropolitan Museum, em Nova York, que reuniu mais 80 looks da designer e recebeu mais de 150 mil visitantes. Sua conta no Instagram tem mais de 190 mil seguidores, onde ela compartilha a divulgação do seu livro e sua presença na primeira fila de diversos desfiles.

Lili Hayes

Aos 69 anos, Hayes é a maior fã de bonés da Supreme e usa seu Instagram para compartilhar sua rotina, que inclui malhar ao som de Nicki Minaj, o humor arisco e seu estilo, baseado no streetwear com muitos acessórios. “Quando me apaixono por uma marca ou por um produto, eu realmente uso ele. Eu sei do que gosto, e gosto do que gosto”, escreveu Haye,  que confessou, em entrevista à revista Vogue, que briga quando um de seus 106 mil seguidores lhe manda parar de usar Supreme.

Emiko Mori

Aos 93 anos, Emiko é a atração principal da conta de Instagram de sua neta, Chinami Mori. “Ela é minha pessoa preferida no mundo. Eu a faço feliz e isso é muito divertido para mim, também”, escreveu Chinami em seu perfil. Mais de 43 mil pessoas seguem a conta, que sempre apresenta os looks coloridos e o sorriso fofo de Emiko.

Dorrie Jacobson

A ex-coelhinha da Playboy se considera, aos 83 anos, a “modelo de lingerie mais velha do mundo”. “Por que estou de repente de lingerie aos 80 anos? Porque quero encorajar mulheres a aceitar seus corpos em qualquer idade”, explicou Dorrie em seu Instagram sobre inspirar pessoas mais velhas a questionar os padrões de beleza impostos pela sociedade.

Sua conta, a Senior Style Bible, tem mais de 36 mil seguidores e diversas fotos de Dorrie de lingerie, além de seus looks. “Faço isso por mim porque isso me deixa mais confiante e adiciona um gingado à minha caminhada”, contou ao site Independent.

Jenny Kee

“Nós não seremos senhorinhas sentadas num asilo com cabelo violeta. Ou, se formos parar num asilo, ficaremos lá com nossa maconha, nossa comida saudável e nosso maravilhoso senso de estilo”, disse Jenny Kee em entrevista ao The New York Times. A artista e estilista australiana, especialista em tricô, tem 71 anos e mais de 32 mil seguidores.

Além de seus looks coloridos, seus seguidores podem entender um pouco mais o que lhe inspira a partir de suas publicações. Kee acredita que jovens mulheres lhe seguem por “desejar estar neste momento”, principalmente mentalmente. “Nós vivemos em momentos extraordinários”, a artista disse sobre seu envelhecimento.

Jan Correll

A dona do perfil Silver is the New Blonde (algo como “Grisalho é o Novo Loiro”), tem 60 anos e é uma consultora de vendas de produtos tecnológicos apaixonada por marcas como J Jill e Soma Intimates. “Comerciantes sabem que mulheres da minha idade tem dinheiro para gastar”, ela comentou em entrevista ao jornal The New York Times sobre a ascensão de influenciadoras com a sua idade.

Com mais de 23 mil seguidores, ela afirma que se preocupa com sua privacidade. “Homens me contatam o tempo todo. Às vezes isso me assusta. Estou constantemente apagando seus comentários”, afirmou Correll, que é casada há 43 anos e tem 4 netos. “Decidi usar minhas redes sociais como minha plataforma, meu pequeno pedaço de vendas, meu canal para falar sobre esse ponto da minha vida em que posso fazer o que quiser”, explicou.

  • Baddie Winkle (Foto: Reprodução / Instagram)
  • Lyn Slater (Foto: Reprodução / Instagram)
  • Linda Rodin (Foto: Reprodução / Instagram)
  • Sarah-Jane Adams (Foto: Reprodução / Instagram)
  • Iris Apfel (Foto: Reprodução / Instagram)
  • Lili Hayes (Foto: Reprodução / Instagram)
  • Emiko Mori (Foto: Reprodução / Instagram)
  • Dorrie Jacobson (Foto: Reprodução / Instagram)
  • Jenny Kee (Foto: Reprodução / Instagram)
  • Jan Correll (Foto: Reprodução / Instagram)
10