Moda

Por Redação 15.01.2018

A H&M fecha as portas em território sul-africano

Após série de protestos neste sábado (13.01), a famosa H&M do seguimento fast-fashion, é fechada temporariamente em toda África do Sul. As manifestações aconteceram em decorrência de uma criança negra vestindo um moletom com o slogan “o macaco mais legal da selva’’.

Vídeos e imagem flagraram manifestantes que fazem parte do movimento ’’Freedom Fighters’’ derrubando manequins, quebrando vitrines, jogando estantes e roupas no chão.

A marca anúnciou, por meio de email oficial, que ”por preocupação com a segurança de nossos funcionários e clientes, fechamos temporariamente todas as lojas na área”. No total são 17 lojas no território sul africano.

O moletom que causou tamanha polemica foi tirado de circulação e a marca se desculpou em declaração pelo Instagram.

  • H&M depredada após manifestacoes