Moda

Por Redação 13.11.2017

Pirelli: black is the new black

O Calendário Pirelli 2018 realizado pelo fotógrafo inglês Tim Walker usou seu estilo inconfundível, com cenários inusitados e padrões românticos para reproduzir o conto Alice no País das Maravilhas em 20 locações e 28 fotos para sugerir um novo ambiente para uma antiga história.

”A história da Alice foi contada tantas vezes, mas eu quis chegar à gênese do imaginário de Lewis Carroll para poder reconta-la desde o começo. Queria um enfoque inusitado e diferente”, ele explica.

São 18 celebridades de várias “áreas’:   os modelos são: a australiana-sudanesa Adut Akech, a também modelo e ativista feminista britânica-ganesa Adwoa Aboah, o alemão-senegalense Alpha Dia, do ator americano-beninense Djimon Hounsou, a australiana-sudanesa Duckie Thot, a ativista gambiana para os direitos das mulheres Jaha Dukureh, King Owusu, o rapper e cantor americano Lil Yachty, a atriz queniano-mexicana Lupita Nyong’oNaomi Campbell, do ator, apresentador, cantor e compositor RuPaul, a atriz Sasha Lane, do rapper, cantor, compositor, ator, produtor musical e empresário Sean “Diddy” CombsSlick Woods, a advogada sul-africana Thando Hopa, Whoopi Goldberg, o modelo britânico Wilson Oryema e da estilista, designer e cantora britânica Zoe Bedeaux.

Formaram, como se percebe, um elenco completamente negro, como já rolou com o Calendário de 1987, do fotógrafo britânico Terence Donovan, que clicou Naomi, na época tinha só 16 anos,  e a modelo, escritora e ativista Waries Dirie.

 

  • calendari pirelli tim walker