Lifestyle

Por Renata Reif 30.04.2018

Quem são os nomes que comandam a cena gastronômica em São Paulo

A disputa é grande no mercado gastronômico. Em busca de sucesso e retorno financeiro, restauranteurs, chefs e investidores buscam formatos para atrair o público e fidelizá-lo. Um restaurante só não basta. Enquanto alguns empresários replicam um modelo testado e aprovado, outros se arriscam mais e criam diferentes frentes.

Reunimos aqui uma seleção de 7 nomes que, de forma direita ou indireta, vem dominando a cena gastronômica de São Paulo com inúmeros estabelecimentos.

Renata Vanzetto 
Depois de consagrar o nome do Marakuthai no litoral paulista, a cozinheira trouxe o hotspot para capital. E não parou por aí. Montou duas filiais do restaurante caiçara, um buffet para eventos, o Ema, o bar Me Gusta e, mais recentemente, o Matilda Lanches – o Lambisgoia, bar em Ilhabela que também fazia parte do grupo Marakuthai, foi vendido e já não está mais sob o comando de Renata. Agora, a chef se ausenta das cozinhas por alguns meses para se dedicar a seu primeiro filho, Ziggy.

Companhia Tradicional do Comércio
A história do grupo começou com o Bar Original, que rapidamente se tornou uma referência de serviço e cozinha, além do chopp de colarinho alto e supercremoso.  Tudo isso aliado a uma ótima administração. Hoje, o CTC responde pelas casas e varias filiais do Pirajá, Câmara Fria, Bráz, Astor, Subastor, Bráz Pizzaria, Bráz Trattoria, Bráz Elettrica, Lanchonete da Cidade e Ici Brasserie.

Henrique Fogaça
O chef que iniciou sua carreria vendendo hamburguer em uma Kombi, pelas ruas de São Paulo, virou o jogo e criou sua rede. Depois do Sal, na galeria Vermelho, montou o Cão Véio, o Jamile e o bar Admiral’s Place. No início de 2018, nasceu a primeira filial de seu primogênito, no shopping Cidade Jardim, e o Cão Veio, em sociedade com o vocalista do grupo CPM 22, Badauí, também já conta com unidades nos Jardins e no Tatuapé.

Rodolfo De Santis
O italiano conquistou seu espaço com uma cozinha arrojada e de personalidade. À frente do Nino Cucina, suas criações caíram no gosto dos paulistanos e a expansão de seus negócios se deu rapidamente. O chef já conta com o Peppino Bar, o De Marino e a casa de grelhados Julieta.

Infinity
Redes internacionais invadiram São Paulo e chamam a atenção dos comensais. À frente da Infinity, empresários brasileiros trouxeram um grande nome da gastronomia mundial, o britânico Jamie Oliver. Além do Jamies Italian, outras marcas como Wendy’s, Benihana e Hooters conquistaram seus adeptos em território nacional. Uma importação que deu certo.

Alex Atala
O maior representante da cozinha brasileira leva as nossas raízes para o mundo. Os insumos nacionais vem ganhando destaque no cenário global e os olhos estão voltados para o nosso terroir. Claro, o responsável por isso é o grande chef Alex Atala, quem comanda o renomado D.O.M., além do Dalva e Dito, Açougue Central, o Bio e, a partir do segundo semestre de 2021, o hotel cinco estrelas homônimo de seu dois estrelas Michelin.

Grupo Fasano 
Por falar em hotel, uma grande grife paulistana não poderia ficar de fora. Sempre ligado nas tendências, o Grupo Fasano vem expandindo seus domínios. Além dos já consagrados Gero, Baretto, Nonno Ruggero e Al Mare, no Rio de Janeiro,, o recém-inaugurado Crudo, em Angra dos Reis, engrossa a lista de casas de alta gastronomia. E, ao que tudo indica, vem uma boa novidade em Trancoso por aí. Ficamos no aguardo!

 

 

  • Rodolfo De Santis: chefe-empreendedor tem pontos no Itaim (reprodução/ instagram)
  • Alex Atala: cada vez mais restaurantes sob sua tutela (reprodução/ instagram)
  • Henrique Fogaça: filiais de seus principais restaurantes (reprodução/ instagram)
  • Renata Vanzetto: várias casas em São Paulo (reprodução/ instagram)
4