Lifestyle

Por Redação 10.04.2017

As novas do Antiquário Thomaz Saavedra

Há quase um ano em um endereço na Lapa em São Paulo o curador, colecionador e galerista carioca Thomaz Saavedra mantém uma das maiores coleções de mobiliário modernista brasileiro, além de obras de arte e posteres da cidade.

Thomaz vive caçando tesouros e na sua última montagem na SP-Arte deu a seu espaço prioridade para Geraldo de Barros artista precursor do movimento concretista tanto na fotografia e artes plasticas quanto no design. Os móveis são da safra produzida pela Unilabor, em sistema de cooperativa- um modelo de gestão revolucionário para a época, feitos em jacarandá, ferro e fórmica.

Leia mais: A Série “Retratos” entrevista o cozinheiro português José Avillez

Outros  achados do colecionador são as peças de Jean Gillon, em destaque a cadeira e o sofá “Roderio” de 1965, feitos em jacaranda maciço. Jean foi grande estudioso do trabalho de Sérgio Rodrigues e essas peças se se assemelham aos desenhos do designer contendo algumas soluções ergonômicas. Todo mobiliário está a venda no Galpão de Saavedra! RG indica!

Thomaz Saavedra

De segunda a sexta-feira das 10h às 18h

Rua Tito 1575 – Galpao 1

  • O espaço
  • as estantes e cadeira Geraldo de Barros
  • cadeira de Geraldo de Barros
  • mais do espaço
  • mesa Geraldo de Barros
  • as poltronas Jean Gillon
  • geral do espaço
7