Gossip

Por Redação 09.04.2018

Lily Allen revela ter sido vítima de assédio sexual

Os escândalos sexuais no showbiz (infelizmente) não param. Em entrevista ao podcast “Unfiltered”, Lily Allen contou que foi assediada sexualmente e que está processando o agressor. Por motivos legais, a cantora não deu maiores informações sobre como ou quando aconteceu o episódio.

“Finalmente, sinto que posso tirar o nome desse imbecil da minha boca e da minha mente”, Lily desabafou. ªNão quero dinheiro. Se me preocupasse com isso, teria processado nos tribunais civis e anexado um acordo de sigilo. Não é isso o que quero”.

Enquanto comentava os casos do produtor Harvey Weinstein, acusado de abuso sexual por diversas atrizes em Hollywood, a cantora falou sobre os motivos que levam as vítimas a falar mais sobre esse assunto atualmente: “Na verdade, acho que o que a maioria das pessoas querem é apenas desabafar. Algo, tipo, ‘sabe, eu não quero mais carregar isso comigo'”, disse Allen, que acha curioso o fato de que algumas pessoas pensem que “há algo a ser ganho” por se falar sobre essas experiências.

Em entrevista ao site Vice, Lily Allen demonstrou ter fortes opiniões sobre o movimento #MeToo. Quando questionada sobre as grandes mudanças que a iniciativa gerou, a cantora respondeu: “Houve mudança? Quem foi preso? Se Harvey Weinstein tivesse sido acusado de matar 52 pessoas, ele estaria na cadeia agora. Mas não está”, esbravejou a britânica – com toda a razão.

  • Lily Allen disse que, por motivos legais, não pode compartilhar maiores informações. Foto: Getty Images