Cultura

Por Mariana Gonzalez 13.03.2018

Rita Atrib: as histórias da cozinheira dos popstars que vêm ao Brasil

Quem entra desavisado na Petit Comitê, em Moema, São Paulo, não imagina que a rotisserie com cara de casa de bonecas é apenas parte do negócio da dona, Rita Atrib. Ela é número 1 em contratação para preparar o buffet de grandes turnês internacionais que passam pela capital paulista!

Nos últimos 20 anos, já elaborou o cardápio de 92 shows do tipo – isso sem contar festivais como Lollapalooza e espetáculos musicais. Só no ano passado, a banqueteira preparou o cardápio para Sting, Justin Bieber, Bon Jovi e outros 21 estrelas.

Desde 1997, quando estreou suas preparações atrás do palco do Monsters of Rock, teve como clientes nomes como Aerosmith, Rolling Stones, Britney Spears, Elton John, Guns & Roses, David Bowie – o “mais querido” e o único para quem a banqueteira se permitiu pedir foto e autógrafo. “Normalmente, a regra é manter a postura profissional, ou seja, distante das estrelas. Mas quando vi o Bowie e toda aquela magia de perto, não podia deixar passar”.

Rita é muito fã de música e conhece de perto os bastidores dos shows e as exigências cabeludas dos ídolos – é aí que começam as melhores histórias!  

“Alguns são reservados, não saem do camarim e só comem o que a produção leva até eles. Já os mais simpáticos andam pelo backstage, elogiam a comida e até levam marmita!”, lembra. É o caso do eterno Beatle Ringo Starr, que saiu da cidade carregando potes cheios de comida preparada por Rita.

Compilamos algumas histórias saborosas vividas pela dona da Petit Comitê, que grante que ainda não serviu todos os seus ídolos musicais: “ainda faltam Roberto Carlos e Zeca Pagodinho. Eles devem bater um pratão!”, ri. 

Receita de família
“Steven Tyler é um dos nossos clientes mais exigentes, mas já foi mais difícil. Há alguns anos, lembro de ter recebido como exigências do cardápio dele não usar nenhum tipo de óleo e cozinhar salmão do Alaska – o que é bem complicado no Brasil, já que o salmão que consumimos é no máximo chileno. Hoje em dia o cardápio dele é mais tranquilo. Mas existe um muffin de frutas vermelhas sem glúten e sem lactose, obrigatório antes de todas as apresentações, que complica um pouco o trabalho. Já preparei algumas vezes, é uma receita de família adaptada, mas ele é muito exigente com esse bolinho! Uma semana antes do show, membros da equipe pessoal do cantor precisam provar a receita e aprovar meu preparo. Além disso, no dia do evento, temos que levar todos os ingredientes em dobro – assim, se o vocalista do Aerosmith não gostar da versão, uma cozinheira pessoal prepara a receita certa com a sobra dos ingredientes. Reza a lenda que uma vez, durante uma turnê, ele ficou irritado com o sabor do muffin e atirou a comida na parede, gritando”.

Proibido animais!
“Morrissey, o ex-vocalista dos Smiths, é vegano e muito militante pelos direitos dos animais. Isso demanda de nós a preparação de um cardápio completo de almoço, jantar e petiscos para cerca de 50 pessoas sem usar nada de carne, ovos, leite, queijo ou outros itens de origem animal, claro. Quando eles tocaram na cidade [em 2011 e 2013], servimos cuscuz de grão de bico com legumes à indiana e o prato foi muito elogiado pela banda. Mas a coisa vai além. No show dele, não pode ter nada que não seja vegano nem na decoração, nem na roupa dos membros da equipe e nem nos arredores do show. No começo das preparações, todos são instruídos a não usar nada de couro – seja cinto, sapato ou jaqueta. Além disso, a banda exige que nenhum item de carne seja vendido nos pontos de alimentação do estádio ou da casa”.

Esqueleto de frango
“Um certo vocalista (cuja identidade Rita prefere não revelar por motivos contratuais) chegou bêbado ao backstage depois do show e pediu um frango assado inteiro para a produção. Quando preparamos o prato, ele colocou todo mundo para fora do camarim – banda, convidados e produção – trancou a porta por dentro e só saiu de lá na manhã do dia seguinte, passando mal. Ele comeu sozinho o frango todo e dormiu a noite inteira. Quando minha equipe entrou para retirar os pratos e talheres, viu que ele tinha deixando os ossos montados em forma de esqueleto na bandeja!”.

Gente como a gente
“Muitos famosos elogiam minha comida e ainda levam uma quentinha para comer no hotel ou no avião, a caminho do próximo show. O episódio mais engraçado envolvendo marmita foi o Ringo Starr, ex-baterista dos Beatles. Em 2013, ele veio ao Brasil fazer uma turnê e eu recebi como instrução preparar um cardápio vegano – e, para complicar, sem nada de alho ou cebola, porque ele é alérgico a esses ingredientes. Precisei explorar outras formas de temperar a comida e acabei servindo, entre outras coisas, uma sopa de abóbora condimentada com gengibre. Ele comeu, repetiu e ainda saiu do show pedindo para a produção levar a marmita para o hotel!”. 

 

  • Há mais de 20 anos, Rita Atrib alimenta verdadeiras lendas da música
  • O famoso muffin de frutas vermelhas, receita da família de Steven Tyler, é obrigatório antes de todo show
  • Militante vegano, o vocalista dos Smiths Morissey já provou (e aprovou) o cuzcuz de legumes da Petit Comitê duas vezes!
  • A sopa de abóbora com gengibre: prato preparado por Rita que virou marmita de Ringo Starr
4