Cultura

Por Redação 29.11.2017

Julio Le Parc: retrospectiva

O Instituto Tomie Ohtake traz, a partir do dia (25.11), a super expo da retrospectiva de Julio Le Parc, realizada em 2016 no Pérez Art Museum Miami (PAMM). Com a mesma curadoria de Estrellita B. Brodsky e consultoria artística de Yamil Le Parc, a mostra em São Paulo, apresenta mais de 100 obras que trazem experiências físicas e visuais.

Divida em três seções, a mostra começa com  ”Da superfície ao objeto”, que reúne trabalhos iniciais em papel e pinturas que mostram o uso de cor como meio de desestabilizar a superfície bidimensional. Em seguida ”Deslocamento; Contorções; Relevos”, que consiste na sequência de três cômodos imbuídos de luz oferece aos espectadores uma experiencia sensorial poderosamente desorientadora. Por fim, ”Jogo & Política de participação” dissolve os muros físicos e ideológicos que separam espectador, obra de arte e instituição. Precursor do movimento de estética relacional, esse período da carreira de Le Parc considera como a arte pode encorajar uma nova consciência sobre o espaço social do indivíduo.

 “Acredito que a exposição de Julio Le Parc despertará o mesmo interesse e encantamento do público causado pela mostra de Yayoi Kusama, que realizamos em 2014, por também provocar singular experiência sensorial aos espectadores”, diz Ricardo Ohtake, presidente do Instituto Tomie Ohtake.

RG aprova e indica essa experiência sensorial de tirar o fôlego.

Serviço
Exposição: “Julio Le Parc: da Forma à Ação”, de Julio Le Parc
Datas e horários: Abertura dia 25 de novembro de 2017, das 13h às 18h. Em cartaz até 25 de fevereiro de 2018. De terça a domingo, das 11h às 20h.
Local: Instituto Tomie Ohtake | Av. Faria Lima, 201
Entrada livre e gratuita.

  • Julio Le Parc - Instituto Tohmie Otake